Carregando...
Passe o mouse na imagem para ampliar Ampliar imagem

Bota Feminina Via Marte Coturno 21-5403 - Porcelana (Napa)

Ref.: 21-5403 Cod.: 003001302717042
(0) Avaliar produto
de R$ 229,90
R$ 174,90
em até 6x de R$ 29,15
R$ 157,41 à vista no boleto
(10% de desconto)
no PIX ou boleto
Cor selecionada: Porcelana (Napa)
Escolha um tamanho
Descubra seu tamanho
Promoção
23% off
Troca
Grátis
Compre e ganhe R$ 1,75 para usar nas
próximas compras.
Nossa reputação:

4.9/5

Excelente
Comentários de clientes:

Muito rápido e eficaz.

Josi - RS

ler mais

Descrição detalhada

Bota Feminina Via Marte Coturno confeccionado em materiais alternativos de alta qualidade.
Detalhe: aplicação do logo da marca.

Possui cadarço para facilitar o calce.

 

 

Altura do salto: 6 cm*

Altura do cano (a partir do fim do salto): 14 cm*

Circunferência do cano (medindo na boca do cano):26 cm*

*Obs: Medidas aproximadas, feitas em um par tamanho 34. Portanto, podem variar para tamanhos diferentes.

Material Alternativo é todo o material que não é Couro natural (origem animal). Geralmente em sintético como: PU, Plástico, Borracha, tecido entre outros.


Coturno: é um tipo de bota com aparência rústica, porém muito confortável. Lembra as botas dos militares, causando uma sensação vintage. Possui cano longo/médio e amarração por cadarços. Tem boa qualidade e vida útil maior que a bota comum. Coturnos caem super bem com peças mais femininas, como: vestidos florais, saias, leggings, meia calças, camisas e jaquetinhas (jeans ou couro).


Plataforma e Anabela: são espécies de saltos frequentemente procurados por quem quer estar elegante, mas sem abrir mão do bem-estar.

 

Salto Plataforma: o salto é grosso, tanto na frente quanto atrás. É inteiriço e confortável. É facilmente confundido com os chamados anabela,  porém a diferença é que salto e meia-pata passam a ser uma coisa só, ou seja, uma elevação única e contínua ao longo do calçado, normalmente mais alta na parte do calcanhar.

 

Salto Anabela: ainda que conceitualmente sejam um tipo de salto-plataforma, a parte da frente é praticamente rasteira. O salto anabela é quase triangular – alto, médio ou baixo, tanto faz – lembrando um esquadro geométrico e, quando chega na parte frontal do calçado, esta é rente ao chão. Dessa forma, sem a elevação na frente, o efeito que incide nos pés é basicamente o mesmo que um salto alto “normal”.



Garantia do produto contra defeitos de fabricação.


Você também poderá gostar

Respeitamos a sua privacidade
Ao navegar neste site, você aceita os cookies que usamos para melhorar sua experiência. Conheça nossa Política de Privacidade
Aceito